Informe Publicitária

Informe Publicitária

sexta-feira, 17 de abril de 2015

SEGUNDO PAULO, ROBERTA ARRAES PASSA A SER OS “OLHOS E OS OUVIDOS” DO GOVERNO DO ESTADO NO ARARIPE

Roberta Arraes acompanhada do prefeito Alexandre Arraes, sendo nomeada pelo governador Paulo Câmara no Palácio Campos das Princesas


A suplente de deputada estadual Roberta Arraes (PSB) foi nomeada pelo governador Paulo Câmara (PSB) na manhã desta sexta-feira (17) para assumir a Assessoria Especial do governo do estado na região do Sertão do Araripe.

“Roberta tem como missão a partir de agora nos auxiliar no planejamento de nossas políticas para fazer Pernambuco se desenvolver por igual. Eu precisava dar uma atenção especial ao sertão do Araripe, em virtude de várias demandas que nós temos. Roberta será nossa voz, e será nossos ouvidos”, afirmou o governador".

Roberta Arraes é a presidente do diretório do PSB em Araripina, e na última eleição para deputada estadual obteve expressiva votação 38.000 mil votos.

ATLETAS NA EXPECTATIVA PARA A TRADICIONAL CORRIDA DO TRABALHADOR

No dia primeiro de maio acontece a tradicional Corrida do Trabalhador, uma realização da Prefeitura Municipal de Araripina, através das Secretarias de Esportes e Cultura e contará com a participação de atletas do município e de outras cidades da região e de outros estados. A corrida do trabalhador será dividida nas seguintes categorias: visitantes (masculino e feminino) – atletas que não residem em Araripina; e prata da casa (masculino e feminino), atletas que comprovem residência fixa de no mínimo um ano. A prova terá o percurso de 10 Km, com largada na Rua Coelho Rodrigues (em frente à sede da prefeitura) e chegada no mesmo local. A concentração dos atletas acontece às 07h e a largada às 08h.
Todos os atletas participantes que completarem a prova receberão medalhas e troféus para os 1º, 2º e 3º colocados (masculino e feminino), além de premiação em dinheiro. Serão R$ 10 mil em prêmios para os ganhadores.
As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de abril no horário de expediente nas Secretarias de Esportes e Cultura, na rua Agamenon Magalhães, 618, Centro. No ato da inscrição o atleta deve estar em mãos com o documento de identidade ou certidão de nascimento (original ou cópia autenticada), comprovante de residência e um quilo de alimento não perecível. A entrega dos kits será no dia 30 de abril das 14 às 18 horas.



EXECUTIVA ESTADUAL DO PARTIDO VERDE REALIZARÁ SEMINÁRIO ÁGUA: AGIR HOJE PARA NÃO FALTAR NO FUTURO


O diretório estadual do Partido Verde de Pernambuco realizará neste sábado (18) a partir das 08:00 na câmara de vereadores de Surubim-PE o Seminário regional PV/PE Água: Agir hoje para não faltar no futuro.

Com apoio e a confiança de alguns amigos, Araripina será representada através de Portnalli Alencar, Mauricio Lago e João Paulo.


NENHUMA NOVIDADE NA ENTREVISTA DO EX-PREFEITO EMANUEL BRINGEL

Está aí o real motivo do rompimento entre Bringel e o prefeito Alexandre Arraes. O vereador Bringel Filho afiando o discurso com ex-deputado Pimentel onde fortes especulações indicam que o vereador será o vice da esposa dele

Realmente à rádio que faz oposição ao governo municipal de Araripina por não está na lista da cota publicitária, mostrou na manhã de uma sexta-feira que não tem conteúdo mesmo. Mesmo situada numa região rica culturalmente.

A entrevista do ex-prefeito Emanuel Bringel foi anunciada durante toda a semana pela rádio como o assunto mais esperado do ano de 2015.

Só que a entrevista não trouxe nenhuma novidade, além do que todos já sabiam há meses. Bringel é uma figura folclórica, e sabe arrancar risadas dos amigos. Por não ter espaço de lançar seu filho a prefeito no grupo do prefeito, ele agora imagina que Bringelzinho poderá ocupar a vice na chapa de Socorro Pimentel nas eleições 2016. 

Dessa maneira, antes quem não prestava agora presta! E quem era o melhor pra Araripina, agora não é! E a vida segue cada um fazendo a política da maneira que aprendeu fazer, uns falando mal e outros falando bem, e assim a balança se mantem no mesmo peso e na mesma medida.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

LUCIANO CAPITÃO PEDE QUE OPOSIÇÃO E GOVERNO DESMONTEM OS PALANQUES PARA PENSAR NOS PROBLEMAS DE ARARIPINA HOJE

Diante de um caloroso debate entre vereadores representantes do governo e da oposição, o presidente Luciano Capitão (PSB) sugeriu que seus pares desmontem os palanques de 2016 para discutir as prioridades para Araripina agora em 2015.

Na ultima quarta-feira (15) estivemos acompanhando a reunião ordinária da câmara onde realmente percebemos que às eleições municipais foram antecipadas por alguns vereadores, tanto é, que já se falam muito em candidato "A" e candidato "B", criando assim, um verdadeiro clima eleitoral na reunião que poderiam tratar principalmente dos projetos de interesse da população.

É aquele jogo de acusar e se defender, Luis Henrique (PSL) contestou João Dias (PSB), que aumentou o tom, e o experiente Evilásio Mateus (PDT) entrou no debate em defesa do colega da oposição. Humberto Filho (PSB) com sua infinita sabedoria também deu suas explicações, seguida da participação do líder da situação Francisco Edivaldo (PROS) que saiu em defesa do governo.

O vereador presidente Luciano Capitão, ultimo a discursar na reunião, foi feliz ao lembrar aos seus colegas vereadores que às eleições serão somente no próximo ano. Que mesmo que a oposição não admita o governo do prefeito Alexandre Arraes e do PSB em Araripina tem promovido considerados impactos de desenvolvimento em todo o município. Luciano lembrou que o PSB trouxe avanços na educação com às escolas de referencia e a técnica, os asfaltos ligando os distritos de rancharia, nascente e gergelim a zona urbana da cidade, entre outras inúmeras que chegaram em Araripina através do prestigio político das lideranças do PSB.

Luciano terminou o discurso convidando os demais vereadores para desmontar os palanques, e promover união entre todos para pensarem nos desafios que Araripina hora tem enfrentado. 

PUBLICIDADE


quarta-feira, 15 de abril de 2015

PERNILONGOS PREFEREM SANGUE DE QUEM BEBE CERVEJA, DIZ ESTUDO

Quem diz que os pernilongos preferem o sangue de gordinhos está enganado. Segundo um estudo australiano recente publicado pela PloS One, o banco de dados online da Public Library of Science, pernilongos e demais mosquitos gostam do sangue de quem bebe cerveja.
Para chegar a tal conclusão, os pesquisadores da Austrália reuniram voluntários – homens de 20 a 43 anos – em Burkina Faso, na África, e analisaram a reação dos insetos diante de um grupo que bebeu cerveja e outro que bebeu água.
Os voluntários foram divididos em tendas com um complexo sistema de tubulação para circulação do ar entre as barracas. Ao final da experiência, os cientistas verificaram que o grupo dos bebedores de cerveja atraiu 47% dos mosquitos que foram colocados na tenda, contra 38% dos que beberam apenas água.
“Desconsiderando características individuais de cada voluntário, o consumo de cerveja aumentou consistentemente a atratividade aos mosquitos”, escreveram os autores do estudo.
No entanto, os pesquisadores não souberam dizer o motivo pelo qual os insetos preferem o cheiro de bebedores de cerveja, mas acreditam que não há relação com a mudança da respiração ou com o aumento da temperatura do corpo.
Seja como for, o estudo aponta para um relação entre álcool e aumento de doenças transmitidas por mosquitos e pernilongos. No caso da África Ocidental, região que é fortemente afetada pela malária, os cientistas sugerem que o consumo de cerveja seja mais controlado para reduzir o problema de saúde pública da malária.
Será que esse estudo também ajuda a explicar o problema da dengue no Brasil?

Publicado originalmente no Portal Virgula

DESCULPE-NOS O TRANSTORNO, ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR ÀS RUAS DA NOSSA CIDADE

Ruas esburacadas é um problema antigo de Araripina, a população mais idosa e os que residem na cidade há mais de 20 anos são testemunhas que nenhum gestor que antecedeu o atual conseguiu criar uma alternativa que de fato resolvesse de uma vez por todas esses transtornos que aparecem sempre que o município é abençoado com às sempre bem vindas, chuvas de Deus.

Atualmente, a prefeitura municipal criou frentes de trabalho com 10 equipes divididas por todo o município para mapear e consertar todas as ruas que novamente foram atingidas pelas águas da chuva.


Apesar de sabermos que realmente o modelo de calçamento com paralelepípedo já não é utilizado em ruas muito movimentadas, o prefeito já tem utilizado a recuperação de algumas ruas com o asfalto, o que tem correspondido com às expectativas de motoristas e pedestres que aprovam a substituição. O asfalto virou símbolo da modernidade e é característica marcante nas áreas urbanas em grandes cidades.

Em Araripina não poderia ser diferente, mesmo a demanda sendo muito grande, a prefeitura tem sido realista no enfrentamento desse problema que hora é um dos principais transtornos da população. Diante disso, o assunto tem sido considerado prioridade e as ações estão sendo executadas na medida do possível e dentro dos menores prazos.


PASTELARIAS DO RIO TÊM TRABALHO ESCRAVO E CARNE DE CACHORRO

RIO - Investigação sobre trabalho escravo de chineses em pastelarias do Rio levou o Ministério Público do Trabalho (MPT) a descobrir que há uma espécie de entre posto onde donos das lanchonetes escolhem futuros empregados. Os encontros ocorrem em restaurante ainda não identificado. 
Cinco chineses foram encontrados em situação análoga à escravidão em três pastelarias. Em uma delas, os procuradores recolheram até mesmo carne de cachorro congelada no freezer.
Interior da Pastelaria em Parada de Lucas, na zona norte do Rio, que foi fechada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) por manter seus funcionários em condições análogas à escravidão.
Os chineses que trabalham ilegalmente nas pastelarias não ficam atrás do balcão, mas dentro dos estabelecimentos. Cumprem jornadas diárias exaustivas, das 5h às 22h. Não folgam. O salário prometido (de R$ 1.500 a R$ 2 mil) fica retido, para quitar despesas da viagem. Os chineses são da região de Guangzhou, na província de Guagdong.
“A impressão que temos é que se trata da mesma quadrilha. Eles viajam em grupos, entre 6 e 10, e são retirados já no setor de imigração no Aeroporto Tom Jobim, onde têm passaportes retidos. São levados para um restaurante, onde uma pessoa responsável negocia os trabalhadores com os donos de pastelarias. Ali é feita a distribuição dos funcionários”, disse o procurador Marcelo José Fernandes da Silva. 
O primeiro caso ocorreu em 2013 em uma pastelaria em Parada de Lucas, na zona norte. Um jovem chinês era vítima de espancamentos e castigos físicos promovidos pelo patrão, o chinês Van Ruilonc, de 32 anos, condenado por tortura. A vítima, incluída no Programa de Proteção à Testemunha, vivia em cela fechada com cadeado e dormia perto de onde os cães eram mortos a pauladas. A carne dos animais era usada como recheio dos salgados vendidos na lanchonete.
Em 2014, um adolescente de 17 anos foi resgatado em Mangaratiba, na Costa Verde. Ele trabalhava exaustivamente e não recebia refeições - era alimentado com pastéis. O jovem recebeu R$ 90 mil de indenizações trabalhistas.
Em março, três chineses foram localizados em pastelaria em Copacabana, zona sul. “Não falam sequer o mandarim, mas um dialeto. A comunicação é muito difícil”, disse a procuradora Juliane Mombelli. 

Fernandes afirma que não há como fazer ofensiva nas pastelarias. “São muitos estabelecimentos, espalhados por todo o Estado. Agimos em cima de denúncias.” Segundo ele, o MPT prepara cartilha em mandarim para distribuir em pastelarias, como forma de informar os chineses sobre seus direitos.
Por Clarissa Thomé

ACOMPANHANDO A MODERNIDADE: ARARIPINA GANHA UNIDADE REGIONAL DA FIEPE

Depois de instalar unidades regionais em Caruaru e Petrolina, a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) chega a Araripina. A inauguração da Unidade Regional Sertão do Araripe acontece no dia 23 de abril e ela atenderá além de Araripina, mais 9 cidades que compõem a região: Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena e Trindade.
Distante 692km da capital pernambucana, Araripina foi escolhida para abrigar a unidade por ter o maior número de indústrias, sendo o principal polo provedor de gipsita do país e papel econômico relevante para a dinâmica produtiva do Nordeste. A forte atuação do Sindicato da Indústria do Gesso do Estado de Pernambuco – Sindugesso, que representa as empresas da principal atividade econômica da região também foi relevante para sediar a unidade.
A nova unidade terá como foco principal trabalhar o potencial da região, criando uma política industrial adequada aos setores já existentes, em busca do desenvolvimento da indústria local, colocando à disposição todo o portfólio de produtos e serviços da FIEPE. Cursos, palestras e capacitações voltados aos empresários e executivos da indústria estão entre as ações que a FIEPE vai disponibilizar através da unidade. A diretoria da casa será composta pelos empresários da região, Francisco Alencar e Francisca Campo Costa.
O prédio que abrigará a FIEPE em Araripina foi reformado com o objetivo de criar um ambiente de convivência de empresários. A estrutura conta com quatro salas de reunião e um auditório com capacidade para receber até 100 pessoas. Na cerimônia de inauguração estará presente comitiva de diretores da FIEPE comandada pelo presidente licenciado Jorge Côrte Real, e do presidente em exercício Ricardo Essinger e serão convidados presidentes de sindicatos, líderes políticos, empresários e autoridades da região.
Economia – Os alicerces econômicos do Sertão do Araripe estão na atividade da exploração mineral. Detentor de uma das principais reservas brasileiras de gipsita e apoiado pelo crescimento das indústrias cimenteira e da construção civil, o Polo Gesseiro do Araripe se projeta nacionalmente. Juntas as empresas nele instaladas são responsáveis por cerca de 90% da produção de gesso nacional.  Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, das 16.355 indústrias instaladas em Pernambuco, 3,1% estão na região do Sertão do Araripe. Juntas elas empregam 1,3% dos trabalhadores da indústria no Estado. O Pólo Gesseiro porém, não é o único setor produtivo de destaque no Sertão do Araripe, os segmentos de panificação, reparação automotiva e de curtume também são fortes na região.
Cadastro Industrial – Na ocasião será lançada a edição 2015 do Cadastro Industrial de Pernambuco, que reúne as principais informações de 5.969 empresas instaladas no Estado. O levantamento realizado pela FIEPE contém dados sobre o porte da indústria, ano de fundação, produto e matéria-prima utilizada, quantitativo de funcionários, turnover, consumo médio de energia, acesso ao mercado internacional, filiação sindical, além de informações cadastrais que servem como facilitador de novos negócios. Pela primeira vez o turnover da mão-de-obra (rotatividade de pessoal) e o consumo de energia foram incluídos no cadastro já que o custo de energia industrial de Pernambuco ser um dos maiores do Nordeste, o que gera perda de competitividade e o giro da mão de obra também interfere como um fator crítico para curva de aprendizagem das empresas. A publicação será disponibilizada nas versões impressa e digital em CD e pode ser adquirida na FIEPE e nas principais livrarias.
Jorge Carvalho Possetti
(87)99201894

CALÚNIA, DIFAMAÇÃO E INJÚRIA. TUDO DE UMA VEZ! É POSSÍVEL


DIREITO PENAL. POSSIBILIDADE DA PRÁTICA DE CALÚNIA, DIFAMAÇÃO E INJÚRIA POR MEIO DA DIVULGAÇÃO DE UMA ÚNICA CARTA.
É possível que se impute de forma concomitante a prática dos crimes de calúnia, de difamação e de injúria ao agente que divulga em uma única carta dizeres aptos a configurar os referidos delitos, sobretudo no caso em que os trechos utilizados para caracterizar o crime de calúnia forem diversos dos empregados para demonstrar a prática do crime de difamação.
Ainda que diversas ofensas tenham sido assacadas por meio de uma única carta, a simples imputação ao acusado dos crimes de calúnia, injúria e difamação não caracteriza ofensa ao princípio que proíbe o bis in idem, já que os crimes previstos nos arts. 138139 e 140 do CP tutelam bens jurídicos distintos, não se podendo asseverar de antemão que o primeiro absorveria os demais.

Ademais, constatado que diferentes afirmações constantes da missiva atribuída ao réu foram utilizadas para caracterizar os crimes de calúnia e de difamação, não se pode afirmar que teria havido dupla persecução pelos mesmos fatos. De mais a mais, ainda que os dizeres também sejam considerados para fins de evidenciar o cometimento de injúria, o certo é que essa infração penal, por tutelar bem jurídico diverso daquele protegido na calúnia e na difamação, a princípio, não pode ser por elas absorvido.
RHC 41.527-RJ, Rel. Min. Jorge Mussi, julgado em 3/3/2015, DJe 11/3/2015.

terça-feira, 14 de abril de 2015

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES: 1º ATO POLÍTICO DEMOCRÁTICO REÚNE LIDERANÇAS EM ARARIPINA

Representantes e lideranças de vários partidos políticos de Araripina, realizaram na tarde da ultima Sexta-Feira (10) 1º Ato Político Democrático. Muitos dos presentes têm como objetivo pleitear uma vaga na câmara municipal em 2016. O Ato organizado pelo Editor e Diretor do Jornal online Araripe Informado Ernildo Arruda, aconteceu no Lazer Maçônico, contando com a presença de pré-candidatos a vereadores juntamente com Editores de blogs e imprensa local.
Ernildo Arruda e o membro do PMDB e redator do blog MEU ARARIPE, Ronaldo Lacerda fizeram os esclarecimentos e passaram informações sobre os prol e contras da PEC 40/2011, que tramita entre senado e câmara federal por Ernildo Arruda e pelo membro do PMDB e redator do blog MEU ARARIPE, o estrategista político, Ronaldo Lacerda.
O PEC 40/2011 é uma emenda proposta pelo Senador José Sarney, que extingue as coligações partidárias nas eleições proporcionais.
Representantes do Pc do B, PSB, PTB, PTN, PV, PRB, PMDB, PHS Participaram do Ato Político Democrático.
Por Wagner Pereira

CLASSES DOMINANTES ENCURRALADAS

Desigualdade extrema, corrupção endêmica e violência epidêmica sempre existiram. O Brasil não é um país subdesenvolvido por acaso. Mas nunca na sua História as classes dominantes (os donos do poder econômico, financeiro e político, ou seja, os donos do Estado) foram tão encurraladas (encurralados) como agora. Suas bandas podres (parasitárias, corruptas e cleptocratas) ultrapassaram todos os limites imagináveis da “arte de roubar o dinheiro do povo”. 

É o caso da Petrobras (envolvendo empreiteiras, financistas, altos escalões administrativos e políticos – PP, PMDB, PT etc.), do trensalão e do metrôSP(PSDB), do HSBC (ricaços com contas bancárias na Suíça, muitas provavelmente jamais declaradas ao fisco) e do Carf (grandes empresas e bancos, como Gerdau, Bradesco, Santander, Ford etc., que promoviam corrupção de milhões para não pagarem impostos de bilhões). 
Muitos donos do poder, que sempre gozaram de imunidade absoluta, com bens bloqueados e sem poder fechar novos contratos com o poder público, estão pedindo falência (recuperação judicial) e despedindo empregados em massa. Para além de incontáveis ações de reparação de danos (materiais e morais) e CPIs, jamais na nossa História dezenas desses nababescos cleptocratas (ladrões do dinheiro público) foram encarcerados concomitantemente.
Os dois grandes temores das classes dominantes (serem enquadradas pela lei e pela Justiça em razão das suas roubalheiras e explorações e terem que enfrentar a rebelião das massas indignadas) estão acontecendo. Aliás, 47% dos protestos de 15 de março foram contra a corrupção, isto é, contra o Brasil cleptocrata-mafioso, hoje sob a batuta do decadente governo petista (Datafolha). 
Evolução sociológica notável: as massas estão começando a se apoderar da consciência crítica (veja Álvaro Vieira Pinto). Tudo começou em junho/13, quando elas protestaram contra o Brasilquistão (com péssimos serviços públicos e baixa qualidade de vida). Mas a redenção somente virá no dia em que todos encurralarmos as classes dominantes para implantar aqui o Brasislândia (Brasil + Islândia: este país tem 1,5% de ricaços, 97% de classe média e 1,5% de pobres), acabando com a cruel divisão entre minorias cultas e massas incultas ou ignorantes.

Para isso temos que trocar o capitalismo cartelizado (de compadres, um jogo de cartas marcadas) por um capitalismo verdadeiro, competitivo e distributivo, sem superexploração parasitária. Temos que copiar o capitalismo praticado nos países escandinavos (Suécia, Noruega, Dinamarca, Finlândia e Islândia). Necessitamos de um choque de capitalismo (como postulado pelo senador Covas, em 1989), que teria por base um “choque na educação”, com ensino de qualidade para todos, em período integral. Nos séculos XVI, XVII, XVIII e XIX todos eram discursivamente contra a escravidão, mas ninguém acabava com ela. No século XXI, todos somos discursivamente a favor da excelente educação, mas ninguém a implanta. Por isso se diz (E. Giannetti) que a educação no século XXI é o equivalente moral da escravidão. Quem será a Princesa Isabel da educação? A hora da educação de qualidade para todos e do capitalismo civilizado é agora, quando as classes dominantes estão encurraladas. Para não perder os dedos talvez entreguem os anéis. 
Luiz Flávio Gomes
Professor
Jurista e professor. Fundador da Rede de Ensino LFG. Diretor-presidente do Instituto Avante Brasil. Foi Promotor de Justiça (1980 a 1983), Juiz de Direito (1983 a 1998) e Advogado (1999 a 2001). [ assessoria de comunicação e imprensa +55 11 991697674 [agenda de palestras e entrevistas] ]