Informe Publicitário

Informe Publicitário

terça-feira, 26 de julho de 2016

JOELSON DE ZÉ DE TIAGO DESISTE DA VICE E DEIXA O PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO PORTNALLI ALENCAR EM APUROS


Com a convenção marcada para o próximo dia 29 de Julho, o pré-candidato a prefeito de Araripina Portnalli Alencar (PEN51) acordou com uma péssima notícia. Por volta das 10:00hs desta manhã o seu companheiro de chapa Joelson de Zé de Tiago enviou uma mensagem um tanto quanto inusitada, falando que havia conversado com a família e estava desistindo de sua possível candidatura a vice-prefeito na sua chapa.
Em apuros, Portnalli que já havia marcado a convenção para homologar a candidatura a prefeito e vice para a próxima sexta-feira (29/07), agora precisa correr contra o tempo para conseguir encontrar outro nome que esteja apto a compor a chapa majoritária e disputar as próximas eleições municipais que começam pra valer a partir do próximo dia 15 de agosto.

É correr contra o tempo e tirar um coelho da cartola aos últimos minutos do 2º tempo. Portnalli adianta que caso não consiga viabilizar a candidatura a prefeito, colocar em prática o plano B que seria disputar uma cadeira para o legislativo municipal e adiar o plano majoritário.


“Nenhuma semente brota fora da sua estação”

quinta-feira, 21 de julho de 2016

CASO DE POLÍCIA: ÁRVORES NA PRAÇA DO HOSPITAL SUPOSTAMENTE FORAM ENVENENADAS


Denúncias de um possível envenenamento de algarobas (Prosopis juliflora) e Sibipiruna (Caesalpinia Peltophoroides) na praça do hospital de Araripina – PE foram feitas por populares a membros da Patrulha Ambiental Itinerante e na Secretaria de Meio Ambiente, por frequentadores e moto-taxistas da citada praça.
.
Um agrônomo de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Desenvolvimento de Araripina – PE, (Gerson Batista) juntamente com o Agente Ambiental e membro da Patrulha Ambiental Itinerante (Marquel Jacob) foram até o local indicado e coletaram amostras de solo que foram enviadas a um laboratório na capital, Recife – PE, onde está sendo elaborado um relatório sobre a substância utilizada para o crime ambiental, (Lei 9.605/98), que chocou os moradores da cidade e moto-taxistas que tem seu ponto de apoio naquele local e que passam a maior parte do dia aguardando chamadas e tendo que conviver com o insuportável mal cheiro do produto tóxico lançado nas árvores o que levou à morte das espécies!



As árvores secaram de repente, mostrando indícios de que o agressor teve êxito em sua maléfica intenção.  Após a chegada do laudo a Secretaria do Meio Ambiente do Município ou a Patrulha Ambiental Itinerante tomarão as medidas necessárias para que fatos como esses não mais ocorram em nossa cidade, como o registro de Boletim de Ocorrência ou mesmo acionar o Ministério Público para que tomem as medidas cabíveis.

A população e os moto-taxistas que trabalham nas proximidades querem saber o que aconteceu. “É revoltante, extremamente revoltante, uma cidade com reduzido número de árvores, e as poucas que tem, aparece um elemento e faz isso! Fizemos a denúncia para que não fique impune. Nós queremos justiça”, afirmou um moto-taxista aos Agentes.

No caso das algarobas, mesmo sendo uma espécie exótica, é notório que ali foi praticado um crime ambiental quando foi adicionado o produto tóxico, o processo de envenenamento aconteceu da mesma forma que a sibipiruna, porém com agravante, por esta ser uma espécie nativa do Brasil.


Segundo a legislação ambiental (Lei 9.605/98) a pena para quem comete esse tipo de crime pode ser de seis meses a um ano de prisão e multa que pode chegar a 4 (quatro) mil reais mas, também, pode ser revertida em prestação de serviços.

O agrônomo Gerson Batista e o Agente Ambiental Marquel Jacob concluíram que “Ações egoístas como essas não podem ficar impunes. O dano já está feito, porque não há como fazer o replantio no mesmo local, uma vez que, dependendo do produto utilizado, levará décadas para o solo tornar-se propício para o plantio de novas mudas. Enquanto isso, a comunidade e a cidade ficarão no prejuízo pela falta de sombra e embelezamento daquela praça.”

"O homem destrói a natureza na justificativa de sobreviver, a natureza luta para sobreviver, para garantir a sobrevivência do homem."


(Fonte - Patrulha Ambiental Itinerante l Foto: Divulgação)
Repercussão: Araripina em Foco

ROBERTA ARRAES EM SUA PÁGINA DE REDE SOCIAL REPUDIA ATAQUES A ELA E SUA FAMÍLIA

A vida é a maior oportunidade de sua existência para conseguir alcançar todos os seus sonhos. Não existe legitimidade maior que lutar por tudo que você anseia, mas lutar com dignidade e respeito ao próximo.
Infelizmente mais uma vez eu e minha família estamos sendo vítimas da falta de respeito de uma meia dúzia de pessoas que com suas práticas antigas, vem atingindo de maneira vil nossa honra e integridade, mas essa não é a primeira vez, e Graças a meu bom Deus, essas mesmas pessoas sempre estão fadadas ao insucesso, pois quem nos conhece e sabe de nossas lutas repudia esse tipo de atitude.
Sempre partir do princípio de que, a fé em Deus e o amor e respeito à família e ao próximo, nos tornam homens e mulheres de bem, dignos de reconhecimento, e com esse sentimento cultivei uma família equilibrada.
Somos um casal que alimenta o companheirismo a cada dia e, unidos, construímos uma família estruturada.
Sabemos que é a partir do equilíbrio do nosso lar que podemos dar bons exemplos ao próximo, e é isso que procuramos fazer trabalhando pelo povo da nossa terra, na busca por dias melhores.
Que este tipo de atitude mesquinha e covarde nos traga mais vontade de trabalhar e muita fé para conseguirmos alcançar nossos objetivos. Recomeçar um novo dia nos dá a oportunidade de renovarmos nossa determinação e o que estava longe do nosso horizonte pode agora estar mais perto que nunca.
Fiquem todos com Deus meus amigos.
Um grande abraço da minha família

TÉCNICAS DE MANIPULAÇÃO DA POPULAÇÃO: FIQUE ATENTO! VOCÊ PODE ESTAR VULNERÁVEL SEM SABER


“A religião é o ópio do povo” (Marx). A política e a ideologia cumprem o mesmo papel (assim como outras paixões populares, como o futebol, por exemplo). Nos países de capitalismo exageradamente desigual, como o Brasil (atenção: o capitalismo é o melhor sistema econômico que o humano já inventou, mas ele ainda não aprendeu em todo planeta a distribuir a riqueza sem muita miséria paralela), os donos do poder (donos econômicos, financeiros, administrativos e políticos), para ocultarem a situação de injustiça brutal do sistema, frequentemente usam um truque: manipulam os sentimentos mais profundos, mais pré-históricos e mais animalescos da população, para continuarem explorando-a parasitariamente (assim como para permitir que suas bandas podres acumulem riquezas ilicitamente, por meio da criminalidade organizada).
A população explorada, espoliada, irada, indignada e desesperançada, que não tem acesso a nenhum padrão de qualidade de vida, quando “ferida” em seus brios, em suas convicções ancestrais, magicamente esquece suas degradantes privações materiais, sociais, intelectuais, vitais e culturais; os demagogos sabem como ninguém fazer com que a população precarizada se anestesie diante da sua péssima condição de vida, sua falta de perspectivas futuras. O engodo está em saber manipular os valores tradicionais, os moralismos familiares, a demonização das drogas, os ódios aos menores das ruas, aos camelôs etc. A população, quando inflamada em suas paixões mais primitivas, cai facilmente no conto do vigário. É dessa forma que os donos do poder canalizam a distribuição da riqueza para eles (sem gerar revoluções violentas).
O estratagema é infalível: é preciso divertir a patuleia e, ao mesmo tempo, envenenar as massas rebeladas, mexer com seus brios e seus “valores” sagrados ou profanos. É assim que os privilégios são mantidos muitas vezes com o dinheiro público (financiamento “amigo” junto ao BNDES, políticas fiscais de incentivo, escolas excelentes somente para as elites, medicina boa para quem tem dinheiro etc.). O dinheiro de todos custeiam as benesses de alguns. A mais perfeita manipulação ideológica consiste em fazer com que a classe média e o espoliado (o fracassado, o excluído, o desgraçado, o explorado, o usuário dos serviços públicos) sonhe em ser como o dominador (Lima Barreto). Os políticos populistas sabem disso muito bem. Para assumirem o poder, chegam a jogar o povo contra os donos do poder. Depois, como se sabe historicamente, são os interesses destes que vão predominar.

Veja, por exemplo, o que dizia o aloprado Juán Domingo Perón (em 1955): “Ou lutamos e vencemos para consolidar as conquistas alcançadas ou a oligarquia as destroçarão no final. Oferecemos a paz, e eles rejeitaram. Agora vamos oferecer a luta. E eles sabem que quando nós nos decidimos lutar, lutamos até o final. Esta luta que iniciamos nunca vai terminar até que nos tenham aniquilado e massacrado”. Esse tipo de visão que divide o mundo em dois está presente na tradição da América Latina (veja Fernando Mello, El País). Tanto de baixo para cima como de cima para baixo. Os populistas demagogos, para conquistarem o poder, jogam o povo contra os donos do poder. Os donos do poder, por sua vez, se servem da democracia populista, do Estado, do Direito, da Justiça e, sobretudo, dos políticos para subjugarem o povo e espoliá-lo (até à medula) por meio da má distribuição da renda, do capital, dos bons salários, da educação de qualidade, das relações sociais, do equilíbrio emocional, da cultura, dos prazeres, dos privilégios, das hierarquias, do acesso ao bem-estar etc.
É preciso manipular ideologicamente a ira das massas rebeladas, sobretudo pelos meios de comunicação, para contar com a força delas para a preservação dos privilégios das classes dominantes. O ódio delas não pode se voltar contra estas últimas (isso é perigoso!), sim, contra outros marginalizados, oprimidos (daí a guerra da polícia contra os pobres e vice-versa, o ódio contra os menores manipulado midiaticamente etc.). Essa é uma das formas de explicar o apogeu das bancadas fundamentalistas (da bala, da bíblia etc.) dentro do Parlamento brasileiro.

P. S. Participe do nosso movimento fim da reeleição (vejafimdopoliticoprofissional. Com. Br). Baixe o formulário e colete assinaturas. Avante!

Professor
Jurista e professor. Fundador da Rede de Ensino LFG. Diretor-presidente do Instituto Avante Brasil. Foi Promotor de Justiça (1980 a 1983), Juiz de Direito (1983 a 1998) e Advogado (1999 a 2001). [ assessoria de comunicação e imprensa +55 11 991697674 [agenda de palestras e entrevistas

ELAS VOLTARAM: PESQUISAS ELEITORAIS MANIPULADORAS JÁ ESTÃO EM TODAS AS ESQUINAS DE ARARIPINA


Por mais que a população critique e discorde, os políticos não mudam a forma antiquada de fazer política em Araripina. Sempre aquela velha forma de falar mal dos adversários pra derrubar a moral do oponente e crescer em cima das desgraças dos outros.

Por mais que o Tribunal Eleitoral faça reformas na lei pra tentar coibir os fora da lei que usam a política justamente pra se manter fora da lei, eles sempre encontram um jeito de driblar a fiscalização e usar de ferramentas como as velhas “pesquisas” para tentar manipular a opinião popular.

Parece até que as tais pesquisas são feitas dentro das casas deles ou em locais programados por eles, cada um que encomenda a pesquisa só dar ele na frente... É pouco óleo de peroba pra muita cara de pau. 

quarta-feira, 20 de julho de 2016

RESISTÊNCIA, ESSA TEM SIDO A POSTURA DO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO PORTNALLI ALENCAR CONTRA O SISTEMA DE MANIPULAÇÃO POLÍTICA DE ARARIPINA

Os modos operantes são os mesmos de sempre: derrubar os pequenos para manter a supremacia e manutenção do poder e prestigio dos grandes.

Há alguns meses o presidente do Partido Ecológico Nacional (PEN51) em Araripina Portnalli Alencar vem sofrendo pressão de todos os tamanhos para desistir da candidatura a prefeito de Araripina nas próximas eleições.

Já não bastasse a limitação de estrutura de campanha e partidária, além do poder econômico dos adversários que não conseguiram comprar a ideologia do obstinado ambientalista Portnalli, agora estão tentando derrubar sua candidatura pelas esferas superiores do partido.

Bem informado pelo fato de ter bom transito dentro de todos os grupos políticos inclusive na capital pernambucana, Portnalli teve acesso a informações sobre tramas que tem acontecido para neutraliza-lo em Araripina.

Desde já Portnalli torna público que se houver qualquer ação arbitraria contra sua legitima candidatura entrará com um mandado de segurança na Justiça Eleitoral para que possa registrar sua candidatura e concorrer às eleições que é um direito dele, assim como é também dos doutores e dos empresários.

A FALÊNCIA DA POLÍTICA DE GUERRA ÀS DROGAS

É estranho pensar que, em pleno século XXI, a humanidade ainda não tenha se dado conta de um fator primordial que se configura como uma de suas características: a busca de conforto em substâncias alucinógenas e narcotizantes.
É de se frisar, desde já, que aqui não se pretende defender os notórios malefícios causados pelas drogas, tampouco reafirmar o que já se sabe, elas matam e muito. Também não discordamos dos efeitos familiares decorrentes do seu uso – como a angustia familiar, a desestruturação das relações e relacionamentos, a depressão etc. Porém, não podemos perder de vista o debate que realmente nos interessa como atores do direito penal: a criminalização, ao menos do usuário, não pode mais ser vista como uma solução.
ZAFFARONI (2013, p. 115) uma vez afirmou, e com ele fazemos coro, que, se colocarmos os números na ponta lápis, provavelmente veremos que a guerra às drogas, em poucos anos, foi responsável por um número de mortes infinitamente superior àquele que, em cem anos, teríamos de pessoas mortas por overdose. E, com tal afirmação, podemos ver a ilogicidade da política que adotamos hoje.

LEIA MAIS:
http://canalcienciascriminais.jusbrasil.com.br/artigos/362956895/a-falacia-da-politica-de-guerra-as-drogas?utm_campaign=newsletter-daily_20160719_3730&utm_medium=email&utm_source=newsletter

QUEM MANDA NO BRASIL? EMPRESÁRIOS, BANCOS, POLÍTICOS E ALTOS FUNCIONÁRIOS DELINQUENTES. MAS A REGRA TEM EXCEÇÕES, CLARO

 Depois da Lava Jato e operações congêneres nem o mais cético dos brasileiros pode ter dúvida: nesses quase 200 anos de independência, sempre fomos comandados (tirando as exceções honrosas) por um bando de empresários, bancos, altos funcionários e políticos ladrões, delinquentes e aproveitadores do poder. Isso se chama kleptocracia (= sistema de governabilidade dos ladrões e usurpadores). Com k, kleptocracia é neologismo.

Até quando nós, brasileiros, vamos admitir viver num regime kleptocrata quintomundista? Há algo de muito podre no reino da Dinamarca. O risco nesses momentos de crise aguda e de descrença generalizada com os donos do poder é a prosperidade da antipolítica, ou seja, dos populismos radicais que estão rondando o mundo todo (e que pode trazer muita insegurança para todos nós).
LEIA MAIS: 

ELEIÇÕES 2016: INICIA HOJE O PERÍODO PARA A REALIZAÇÃO DE CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS


O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) alerta os pretensos candidatos, coligações e agremiações políticas que inicia nesta quarta-feira (20) o prazo para a realização de Convenções Partidárias para as Eleições Municipais 2016. 

O novo período, estabelecido pela Minirreforma Eleitoral (Lei nº 13.165/2015), para partidos e coligações definirem seus candidatos, que anteriormente era de 10 a 30 de junho, irá de 20 de julho a 5 de agosto.

Convenções Partidárias

As alianças e candidaturas partidárias poderão ser realizadas em locais públicos ou privados. A lei eleitoral garante a utilização gratuita de prédios públicos para realização de convenções de escolha de candidatos, responsabilizando-se por danos causados com a realização do evento (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, § 2º).

As normas para a escolha e substituição dos candidatos e para a formação de coligações serão estabelecidas no estatuto do partido, observadas as disposições da Lei das Eleições, conforme a legislação nº 9.504/1997.

É válido lembrar que esta mesma lei estabelece, em seu art. 7º, § 2º, que se na deliberação sobre as coligações, a convenção partidária de nível inferior (local) se opuser às diretrizes legitimamente estabelecidas no estatuto pelo órgão de direção nacional (diretório nacional), o processo poderá ser anulado, bem como todos os seus atos.

terça-feira, 19 de julho de 2016

BREVE NOVA ÓPTICA EM ARARIPINA COM SENSACIONAIS PROMOÇÕES


ATENDENDO PAIS E FILHOS HÁ 20 ANOS: RENÊSOM, TRADIÇÃO E QUALIDADE NOS PRODUTOS E SERVIÇOS PARA O SEU SOM AUTOMOTIVO



A loja RenêSom com mais de 20 anos em Araripina e região no mercado de som automotivo sempre oferecendo serviços de qualidade e produtos de última geração.

Além de montagem de som automotivo e vendas de equipamento, RenêSom trabalha profissionalmente com Travas para veículos, Alarmes, Módulos de Potência, Alto Falantes e Tweteer.


O abençoado casal Inês Solange e Francisco Renê tem sempre procurado facilitar para os clientes sempre contar com serviços e produtos de qualidade em Araripina e região.

Venha fazer seu orçamento e comparar serviços, qualidade de produtos e preços com facilidade de pagamento há mais de 25 anos no mercado atendendo pais e filhos em Araripina e região.

sábado, 9 de julho de 2016

GRUPO DE AMIGOS SE REÚNEM E DECIDEM MUDAR O CENÁRIO ARTÍSTICO CULTURAL DE ARARIPINA


        Grupo de amigos se reúnem e decidem mudar o cenário artístico cultural de Araripina. Diante da realidade atual do nosso país, diante de toda essa crise financeira que nos assola, da violência e exclusão social que se encontra nossa juventude, um grupo de amigos resolve descruzar os braços e fazer por iniciativa própria e independente uma ação para promover o comércio, a arte e a cultura no seu sentido amplo em praça pública. A história começou quando vários artistas locais formados basicamente por Ricardo Sena, Toninho de Olinda, Franlex, Eli Alencar e Helleno Alencar resolveram criar o ICA (instituto cultural e artístico de Araripina) projeto independente com sede na Rua José Barreto de Souza Sombra, em uma casa de propriedade da mãe de Eli Alencar, em frente à loja de Humberto Calçados, ao lado da loja de seu Antônio Carlos avô de André Waine. A criação do instituto rendeu muito movimento de artistas no local, tomando a atenção de André Waine filho de Araripina estudante do curso de Direito da Universidade Católica de Pernambuco, que voltou para Araripina para cuidar de seu avô-pai, o Sr. Antonio Carlos, comerciante bem conhecido na cidade que falecera logo mais, André Waine que é musico por hobby e apreciador da arte em geral, recebeu dos artistas o pedido para fornecer energia elétrica para a realização de um evento no ICA, e posteriormente cedesse um veículo para buscar uma caixa amplificada no ateliê do Casebre Artes, esse foi o pontapé inicial. André Waine conheceu o ICA, movimento esse que logo mais acabou enfraquecendo pela saída de alguns artistas por motivos pessoais mas, desde então começou a frequentar o ateliê do Casebre artes na eminência de aprimorar seu estudo de violão com Toninho de Olinda, de lá para cá, conta André Waine que ficou entusiasmado com os trabalhos lá presentes, e viu lá um modo de incluir e dar novas oportunidades aos jovens que vivem à margem de nossa sociedade, embalado no sentimento de sua tia-avó, dona Maria Ramos, de mudar a "cara" da cidade, resgatar seu lado histórico, seus tempos de ouro, não tirou mais a ideia de que deveria fazer algo por sua cidade na qualidade de bom cidadão, tratando logo de incentivar os artistas a fazer um trabalho independente por Araripina sem esperar muito dos outros. André Waine, Ricardo Sena, Helleno Alencar e agora com a chegada Pejota (grafite) e David Lucas (musico instrumentista), ambos também filhos de Araripina, ficaram mais animados e resolveram então colocar a mão na massa certos que é isso que a cidade precisa e o que todos desejam.

         O projeto segue com ajuda de parceiros e anda a todo vapor, nos fazendo refletir se vamos ficar parados esperando as boas ações caírem do céu ou vamos fazer nosso papel na sociedade com ações diretas para os que precisam, resolveram com coragem e poucos recursos recuperar a fachada de um prédio antigo onde funciona o bar de Dêda, ajudando-a a dar uma nova roupagem a seu negócio, pondo mais cores e regionalismo. As atividades inovadoras desses pequenos visionários seguem com força total neste momento, que está focado na praça publica que fica localizada em frente a Genilson colchões, Magazine Popular, e Popular móveis, tentando fazer dela um espaço onde se possa promover apresentações artísticas, culturais e comerciais de modo inclusivo, afim de melhorar nosso cenário local no seu sentido amplo, quem quiser pode conferir o trabalho da galera que não para de receber novos admiradores e parceiros, hoje mesmo acontecerá à partir das 19:30 uma exposição artes no meio da praça pública, obras diversas, propondo um canal aberto para quem quiser fazer apresentações, reivindicar, mostrar seu trabalho, se divertir etc, e não para por aqui, o movimento ainda promete acontecer nos sábados seguintes do mês Julho, trazendo posteriormente mais novidades. Era o que Araripina estava precisando!

quarta-feira, 6 de julho de 2016

POLÍTICOS TRADICIONAIS DE ARARIPINA TEM NOMES CITADOS EM LISTA DE CONTAS REJEITADAS EM FUNÇÕES PÚBLICAS, AFIRMA TCE-PE, TRE-PE E MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

Bringel, Maria Augusta, Lula Sampaio e Valdeir Batista estão entre os nomes citados na lista do Tribunal de Contas de Pernambuco

Como forma de orientar o leitorado nas próximas eleições, as instituições públicas Tribunal de Contas do Estado-PE, Tribunal Regional Eleitoral-PE e Ministério Público Federal, tornaram público e à disposição de todo e qualquer cidadão uma lista com nomes de várias pessoas que tiveram à frente de repartições públicas em todo o estado de Pernambuco. E no exercício das funções, suas contas foram rejeitadas.

O § 5º do art. 11 da Lei n.º 9.504/97, o TCE-PE entregou em 05/07/2016, ao Tribunal Regional Eleitoral e ao Ministério Público Federal a relação definitiva com os nomes dos responsáveis que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas, por decisão irrecorrível, nos 08 (oito) anos anteriores ao pleito de 02/10/2016.

Em Araripina alguns políticos tradicionais como os ex-prefeitos Bringel, Lula Sampaio, Valdeir Batista e a ex-vereadora Maria Augusta tiveram seus nomes citados.


Confira a lista completa no site do Tribunal de Contas de Pernambuco acessando o link abaixo:

http://www.tce.pe.gov.br/internet/docs/tce/LISTA-DE-CONTAS-JULGADAS-IRREGULARES-05-07-2016.pdf

*O Blog Casa de Abelha se coloca a disposição dos citados para um eventual esclarecimento que queiram fazer