Publicidade Oficial

Publicidade Oficial

terça-feira, 29 de julho de 2014

ADVOGADO VACILÃO DE RAIMUNDO PIMENTEL RÉU EM PROCESSO ADMINISTRATIVO DA AEDA USA TOM DE AMEAÇA PARA INTIMIDAR BLOGUEIROS DE ARARIPINA

O advogado Leonardo Cruz já está acostumado a processar blogueiros que denunciam a forma truculenta de fazer política do ausente deputado Raimundo Pimentel.

Por ser muito vaidoso, o senhor deputado Raimundo Pimentel não tolera ninguém falar nada que não sejam elogios à sua pessoa. A sua vaidade vai de encontro com o egocentrismo do advogado Leonardo Cruz que ao invés de tentar intimidar profissionais de comunicação, seria mais conveniente ele explicar os motivos de ter sido citado no processo administrativo da Autarquia Educacional do Araripe.

Segundo consta nas peças de informação oriundas da Auditoria dos Regimes Próprios de Previdência Social – RPPS, o denunciado, LEONARDO DI PAULA CRUZ GOMES, no período em que exerceu o Cargo em Comissão de Diretor-Presidente da AEDA no período compreendido entre Abril de 2009 até Março de 2010, deixou de repassar a quantia de R$ 250.483,71 (duzentos e cinqüenta mil, quatrocentos e oitenta e três reais e setenta e um centavos), à unidade gestora do RPPS, Fundo Previdenciário do Município de Araripina – ARARIPREV, as contribuições descontadas, recolhidas dos segurados servidores da Autarquia Educacional, no prazo e forma legal.

Seja bem vindo à Araripina Dr. Leonardo Cruz, mas deixe suas ameaças aí na capital, pois todo cidadão tem o mesmo direito de manifestar seu posicionamento político. Num é assim que o Sr. faz com seu perfil no Facebook?

GALERA DO PAGODÃO DO GRAU DE OURICURI ADERE A CAMPANHA DA DEPUTADA ROBERTA ARRAES


A militância jovem da campanha de Roberta Arraes (PSB) ganhou novas adesões vindas da cidade de Ouricuri, trata-se dos músicos da banda Pagodão do Grau que tem bastante prestigio junto aos movimentos culturais daquele município. 

A articulação foi feita por Macgayver Lima e Victor Bandeira que são da área de produção de eventos e goza de amizade com artistas de vários segmentos musicais.

Pelo fato de Roberta ser bastante extrovertida e simpática, tem ganhado bastante admiração espontânea que estão somando muito principalmente junto aos eleitores jovens da região. 

IGREJA UNIVERSAL É CONDENADA A PAGAR MAIS DE MEIO MILHÃO EM DANOS MORAIS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

A Justiça do Trabalho condenou a Igreja Universal do Reino de Deus ao pagamento de danos morais no valor de R$ 555 mil, além de anotações na carteira de trabalho e pagamento de verbas trabalhistas ao vigilante João Pereira de Aguiar, que trabalhou por mais de 8 anos sem os devidos registros. A decisão é da 2ª Vara do Trabalho de Porto Velho, publicada na terça-feira dia 15 de julho.
Depois de trabalhar por cerca de 8 anos para a reclamada, sem que houvesse o registro em carteira, nem pagas as férias e 13ª Salários de alguns anos, o vigilante recorreu à Justiça para ver seus direitos reconhecidos.
Além dos danos morais, a Igreja Universal do Reino de Deus ainda foi condenada a pagar férias integrais do período aquisitivo de 2008/2009, de 2009/2010, 2010/2011, 2011/2012 com o terço constitucional, em dobro; férias proporcionais de 2013 (9/12) e terço constitucional; 13º salários de 2009, 2010, 2011, 2012; 13º proporcional de 2013; Aviso Prévio indenizado; FGTS + multa de 40%; descanso semanal remunerado do período não prescrito; multas dos artigos 467 e 477 da CLT e adicional noturno por todo o contrato de trabalho, com os reflexos em aviso prévio, férias e terço legal, 13º, DSR, FGTS e multa de 40%.

Processo nº 0010070-70.2014.5.14.0002
Ascom/TRT14 (Celso Gomes)
Permitida a reprodução mediante citação da fonte ASCOM/TRT14


LEGALIZAÇÃO DA MACONHA: APÓS REGULAÇÃO, MORTES POR TRÁFICO DE DROGAS CHEGAM A ZERO NO URUGUAI

Durante debate da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa no Senado, inicio desse mês, o Secretário Nacional de Drogas do Uruguai, Julio Heriberto Calzada afirmou que o país conseguiu reduzir a zero as mortes ligadas ao uso e ao comércio da maconha desde que adotou regras para regulamentar o cultivo e a venda da droga.
Em resposta ao senador Cristovam Buarque (PDT-DF), Calzada disse que a legalização da maconha talvez aumente o número de usuários, mas ele acredita que a combinação com outras ferramentas de política pública, em aspectos culturais e sociais, poderão modificar padrões de consumo e levar ao êxito na redução de usuários.
Conforme relatou, o país assegura o acesso legal à maconha por meio de autocultivo, com até seis pés por cada moradia; pela participação de clubes de cultivo, com 15 a 45 membros; ou pela aquisição a partir de um sistema de registro controlado pelo governo.
No debate, o secretário afirmou que respostas efetivas para a questão das drogas dependem de clareza na delimitação do problema. Ele apresentou aos senadores perguntas que devem ser respondidas: Qual é a questão central das drogas? O foco deve estar na substancia? Nas pessoas? Na cultura? Na sociedade? Na política? Na geopolítica? Nas normas? Na fiscalização do trafico ilícito?
Os países, disse o secretário, devem ter em conta que as substancias – tabaco, maconha, heroína, cocaína – não são iguais e devem ser analisadas em suas particularidades e tratadas conforme o conjunto de aspectos referentes a cada uma. Pela grande complexidade do problema das drogas, disse, o Uruguai busca embasar suas ações em evidências científicas.
Conforme avaliou, a criminalização de usuários de drogas seria ineficiente por fazer com que cidadãos passem a ser tratados como viciados ou dependentes. Uma das consequências, disse, é o sistema de saúde ficar refratário a essas pessoas. Dados citados pelo secretário dão conta de que mais de 90% dos usuários de drogas não buscam ajuda no sistema de saúde.
Calzada afirmou ainda que, como outras drogas, como álcool, por exemplo, há riscos e efeitos colaterais negativos com o consumo de maconha, o que requer regulação e controle do Estado. A audiência desta segunda-feira (2), que conta com participação popular pelos canais de interatividade do Senado, é a primeira de um ciclo de debates promovido pela CDH para ouvir autoridades, lideranças sociais e intelectuais, visando embasar o parecer da comissão sobre proposta de iniciativa popular (Sugestão 8/2014) que define regras para o uso recreativo, medicinal e industrial da maconha.
Também participam do debate a coordenadora-geral de Combate aos Ilícitos Transnacionais do Ministério das Relações Exteriores, Márcia Loureiro; o representante do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime no Brasil, Rafael Franzini Batle; o relator da Sugestão 8/2014, senador Cristovam Buarque (PDT-DF); e a presidente da CDH, senadora Ana Rita (PT-ES).

DR. VALMIR FILHO SERÁ O ENTREVISTADO DO PROGRAMA CANAL ABERTO NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA (01/08)


O médico e vice-prefeito de Araripina Valmir Filho (PR) será entrevistado na próxima sexta-feira (01) pelo jornalista Martinho Filho no seu programa Canal Aberto a partir das 7hs na rádio Arari FM.

Valmir irá falar do atual cenário político em Araripina e reforçar o apoio de seu partido o PR em prol da candidatura de Roberta Arraes a deputada estadual pelo PSB e aos demais candidatos da Frente Popular de Pernambuco.

OPINIÃO - POLÍTICA: O SEU "CAMPO" É O DEBATE DE IDEIAS


Por Josenildo Melo

O “campo” da política é o debate das idéias; a contextualização pessoal não pode imperar nas eleições 2014, pois o “campo” da política é o debate de idéias e o respeito à Lei Eleitoral. Precisamos com a ajuda de muitos intelectuais construirmos uma cultura da coletividade em nosso país.

O embate pessoal não deve ser enfatizado em campanhas políticas e muito menos alguns se fazerem de santos e se esquivarem do verdadeiro debate. Os eleitores adquiriram um grau de consciência que já não mais toleram hipocrisia e muito menos fazer uso do nome de Deus em vão. Política é coisa séria e a seriedade da política consiste no uso da razão e construção de idéias que possam ir de encontro aos anseios do povo; da população. O nosso nordeste precisa incorporar a visão de grandeza que conduz as regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste do Brasil.

As riquezas e bens materiais precisam sair do âmbito da individualidade e adentrarem ao campo da construção coletiva de um Estado e de um país melhor. Nobre eleitor e leitor reflitam sobre a importância de suas decisões. A justiça eleitoral a muitos anos vem fazendo a sua parte na condução do processo eleitoral; chegou a hora da própria população afirmar e reafirmar a reconstrução de um país melhor e de um estado próspero e com mais qualidade de vida.


Nada custa relembrar A etimologia do termo política. O que é política? Política é a ciência da governação de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses. O termo tem origem no grego politiká, uma derivação de polis que designa aquilo que é público. O significado de política é muito abrangente e está, em geral, relacionado com aquilo que diz respeito ao espaço público. Política é coisa séria e o seu “campo” de atuação é o debate de idéias!

segunda-feira, 28 de julho de 2014

PAULO E FERNANDO PRESTIGIAM MISSA DO VAQUEIRO


O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), acompanhou, no ultimo domingo (27), a tradicional  Missa do Vaqueiro, no município de Serrita (Sertão). Acompanhado pelo governador João Lyra Neto (PSB) e pelo seu colega de chapa Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado), o socialista vestiu o gibão e o chapéu de couro para cumprimentar os homenageados do ato religioso.

"A Missa do Vaqueiro é um importante acontecimento que resgata a força desse ícone de nossa cultura, que é o vaqueiro", afirmou, ressaltando que prestigiará, como governador, outras edições da missa. "Estarei todos os anos aqui", prometeu.

Reconhecendo a importância desse marcante personagem da cultura nordestina, Paulo Câmara fez questão de conversar individualmente com os vaqueiros. O socialista mostrou seu comprometimento com o Sertão e as atividades desenvolvidas na região.

Quando comandou a Secretaria de Turismo do Estado, Paulo trabalhou para divulgar em outros estados a simbologia da Missa do Vaqueiro.

O caráter religioso do evento foi destacado pelo ex-ministro Fernando Bezerra Coelho. Sertanejo de Petrolina, o socialista afirmou que em missas como a do Vaqueiro aproveita para pedir ajuda para a região.

"É um evento religioso muito importante, que nos dá a oportunidade de pedir para que o Sertão possa atravessar suas dificuldades. É sempre bom vir aqui", exaltou Fernando Bezerra Coelho.


Fotos: Wagner Ramos

CANDIDATOS DA FRENTE POPULAR FIRMAM COMPROMISSOS COM PRODUTORES DO VALE DO SÃO FRANCISCO


Paulo participou de encontro acompanhado do governador João Lyra Neto (PSB), o candidato ao Senado pela Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB)
Em um encontro realizado no SEST/SENAT de Petrolina, no ultimo sábado (26) em Petrolina, o candidato da Frente Popular ao Governo, Paulo Câmara (PSB), conversou com representantes do setor de fruticultura irrigada do Vale do São Francisco. Além de se apresentar, o socialista colheu sugestões dos produtores para seu Programa de Governo e defendeu o fortalecimento dos arranjos produtivos locais como forma de produzir um desenvolvimento por igual em todas as regiões. "O apoio às cadeias locais faz com que as regiões possam explorar com muita força o potencial de cada uma delas, fazendo com que as coisas aconteçam na própria região, gerando renda e riqueza. Temos que fazer com que a inovação, a ciência, a tecnologia e a produtividade estejam cada vez mais presentes. Pernambuco terá oportunidade de potencializar todas as suas regiões, mas também de garantir aos arranjos já firmados que eles terão apoio para continuar crescendo", afirmou o postulante.
Além de Paulo, participaram do encontro o governador João Lyra Neto (PSB), o candidato ao Senado pela Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB), e o prefeito em exercício de Petrolina, Osório Siqueira. "Foi um encontro positivo, saio daqui com muitas contribuições em favor da fruticultura, da irrigação, do desenvolvimento do nosso Estado. Recebemos também demandas de muitas dificuldades que ainda temos que enfrentar. E vamos fazê-lo como sempre fizemos, ouvindo a população, com diálogo, e trabalhando em favor daqueles que mais precisam. Para que o desenvolvimento chegue por igual, a gente tem a responsabilidade de continuar esse caminho que Eduardo implantou, e João Lyra continuou, com muita infraestrutura, muita qualificação, políticas tributárias adequadas. Podemos fazer muito mais. E vamos fazer, a partir de 2015", garantiu o postulante socialista, citando a fruticultura irrigada de Petrolina e do Vale do São Francisco como referência nacional de boas práticas de produção.
Fernando Bezerra Coelho afirmou aos produtores que ele e Paulo vão trabalhar para que o exemplo de Petrolina e do Vale do São Francisco seja expandido para outras regiões produtoras do Estado. Ele lembrou que, dos 50 mil hectares irrigados em Pernambuco, 40 mil estão nesta região. "O Governo Paulo Câmara e o mandato do senador Fernando Bezerra terão compromisso com a ampliação da fronteira da agricultura irrigada em Pernambuco e com a manutenção do que já existe. Nosso programa terá garantida a prioridade para as duas obras do Canal do Sertão, saindo de Sobradinho e de Salgueiro, para que a irrigação possa chegar aos municípios do Araripe e do Sertão Central", disse o petrolinense.
A continuidade e o avanço do projeto iniciado em Pernambuco em 2007, foi defendida pelo governador João Lyra Neto aos produtores. "Eu sempre disse que não haveria um Governo João Lyra, e sim, um governo de conclusão da gestão Eduardo. E por mais que ele tenha feito, e eu concluído, é preciso dar prosseguimento a isso e aproveitar esse momento para avançarmos ainda mais. E essa continuidade é representada pela eleição de Paulo Câmara, governador, Fernando Bezerra, para o Senado, e de Raul Henry (PMDB), que vai me substituir como vice", explicou o socialista.
Crédito: Ivan Cruz


EM VITÓRIA, PAULO PROMETE TRABALHAR EM PARCERIA COM OS MUNICÍPIOS ​

O candidato da Frente Popular ao Governo, Paulo Câmara (PSB) destacou,  no ultimo sábado (26), a necessidade de encarar a política como uma construção coletiva. "Pernambuco não pode ser tratado como um negócio,  um projeto pessoal. Nós da Frente temos um time sintonizado com os sonho de todos os pernambucanos. Temos serviços prestados e vamos continuar a nova política, que escuta, trata a coisa pública como coisa séria, olhando para aqueles que mais precisam. Tem que ter projeto coletivo",  prometeu o socialista, durante evento que marcou o lançamento oficial da candidatura de Joaquim Lira (PSD) à Assembleia Legislativa,  em Vitória de Santo Antão.

"Tenho percorrido o Estado todo nos últimos meses, fazendo o planejamento da campanha,  conversando com os partidos e lideranças que queríamos conosco nesta caminhada. Desde o primeiro momento, tive o apoio do PSD. De três pessoas, especialmente. Elias Lira (prefeito de Vitória), Joaquim e (do deputado) André de Paula",  contou Paulo, garantindo que vai continuar a política de parceria com municípios e com o Poder Legislativo, a exemplo do que fizeram o ex-governador Eduardo Campos e seu substituto, João Lyra Neto (ambos do PSB).

Anfitrião da festa, Joaquim Lira convocou seus eleitores a n
ão descansarem até o dia 5 de outubro, para eleger o socialista. "Paulo está percorrendo Pernambuco, conversando com as pessoas com muita simplicidade, escutando e dialogando. Já o acompanhei em vários eventos e vi como está preparado para essa missão.
Paulo, estarei na Assembleia a partir de 2015 e darei

a você todo o respaldo que puder para alavancar ainda mais o desenvolvimento de Pernambuco", prometeu o pessedista.

MAIS UM VEREADOR DE OURICURI MANIFESTA APOIO A ROBERTA ARRAES


A candidatura de Roberta Arraes (PSB) à Assembleia Legislativa tem voado em céu de brigadeiro. A semana - recheada de novas adesões, foi finalizada com a chegada de mais nome forte, que viu em Roberta uma opção responsável para representar o Sertão na Assembléia Legislativa. O nome da vez é Lela, vereador de Ouricuri pelo PSDB.

“Vou apoiar Roberta Arraes por entender que o Sertão merece esta força”, sintetizou o parlamentar, que obteve quase 700 votos no último pleito e esteve acompanhado do também vereador Elias Mendes (PSDB) e das lideranças políticas e colegas partidários Valdelito e Julinho.

“Ficamos felizes em receber o vereador Lela e aumentar ainda mais os nossos apoios em Ouricuri, que é uma cidade importante e que tem muitas demandas. Os ouricurienses podem estar certos: iremos trabalhar muito pela cidade”, disse Roberta Arraes.


Assessoria de comunicação Roberta Arraes